Trabalho desenvolvido pela Cooperativa nas áreas comuns.

sexta, 22 novembro 2013 00:00 Escrito por 
Classifique este item
(0 votos)

Terminada a fase de construção do conjunto habitacional da Cooperativa, resolvidos alguns dos problemas herdados das fases anteriores de construção (que se arrastaram judicialmente com sérios prejuízos para a Cooperativa e para a legalização das construções respeitantes a esta última fase), a Direcção da Cooperativa começa agora a trabalhar as questões relacionadas com o meio ambiente e a qualidade de todo o conjunto habitacional. Para tal a Cooperativa dispõe de espaço próprio, para onde está projectada a construção de uma sede e de uma área para actividades de lazer e ocupação dos tempos livres. A Direcção lembra, no entanto, que nem todos os espaços livres pertencem à Cooperativa, uma vez que de acordo com a lei em vigor, tem de ceder à Câmara Municipal determinados áreas destinadas a ser usados pelo bem comum, a saber: o terreno onde estava instalada a Casa Principal e a Capela, o terreno entre a Rua da Cooperativa e a Rua dos Fundadores e ainda o terreno situado entre as Ruas Aurélia de Sousa e Augusto Gomes. Tendo por objectivo melhorar as condições de habitabilidade e de ambiente, a Direcção da Cooperativa decidiu, assumir os custos com o arranjo do espaço situado entre a Rua da Cooperativa e a Rua dos Fundadores, por se tratar de uma zona que funciona como “cartão de visita” para quem entra nesta comunidade. Assim avançou-se, com o devido consentimento do Pelouro de Jardinagem da Câmara Municipal, com o relvado e colocação de bancos, bem como com a implantação de um sistema de rega. A Direcção sublinha que se trata de um compromisso assumido com elevados custos só possível devido, unicamente, à contribuição dos associados. Daí a importância e o devido respeito em preservar a área ajardinada. A manutenção mensal desta agradável zona só é possível com a ajuda de todos, até porque não podem estar uns poucos a pagar o que muitos outros destroem.

Ler 794 vezes Modificado em domingo, 23 março 2014 02:36